DICA DE LEITURA E UM BATE PAPO: .

Nesse livro, que deu argumento para a trilogia MATRIX, Jean Baudrillard argumenta que “as sociedades ocidentais foram submetidas a uma “precessão dos simulacros”, onde temos o original e as três ordens de simulacros”: 👇

1) A imitação;
2) A produção, a cópia mecânica;
3) E, por fim, a terceira fase do simulacro: a simulação, onde interagimos com representações, símbolos, imagens, ícones, achando que é o original. Entenda por simulação aquilo que é real e fictício ao mesmo tempo.

Mas é mais complicado pois simular não é fingir: “Dissimular é fingir NÃO TER ainda o que se tem. Simular é fingir TER o que não se tem”

Pra ser bem claro, em termos de redes sociais, aquele que FINGE que é um mega profissional de sucesso pode simplesmente postar fotografias em carros de luxo, em lugares exóticos, etc, para levar as pessoas a acreditarem que ele é. Cabe a você acreditar ou não. Aquele que SIMULA que é um profissional de sucesso determina em si os “sintomas” de ser um top, mesmo sem ter qualquer resultado concreto. 😐

“Aquele que finge uma doença pode simplesmente meter-se na cama e fazer crer que está doente. Aquele que simula uma doença determina em si próprio alguns dos respectivos sintomas” da doença e acredita piamente nisso. O duro é que nas mídias sociais isso cola! .

E qual a SACADA que fica aqui? Primeiro que precisamos ser bastante críticos quanto aos conteúdos que interagimos e os que criamos. Precisamos ser bastante responsáveis quanto a esse assunto. Estamos falando de enganar seres humanos. O segundo é que as pessoas não querem “simulacros”, elas buscam atrair VERDADE e AUTENTICIDADE para suas vidas, pois elas verdadeiramente passam por dificuldades em certas questões, precisam da ajuda de pessoas REAIS na essência e soluções LEGÍTIMAS quanto ao PROPÓSITO para serem capazes de resolverem seus problemas. 👍

#molamestraideias #molamestrapropositoacao #empreendedorismofeminino #empreendedorismodigital #negocioscomproposito #mentoriatrampolim #indicaçaodelivro #andre_jerico